domingo, 3 de janeiro de 2010

A Descoberta da Terra da Bíblia

Recentemente estive em Israel, numa visita de sete dias aquele país. Foram dias intensos, a calcorrear alguns dos locais bíblicos mais emblemáticos para os cristãos, e não só, lugares cheios de história e de histórias que povoam o nosso imaginário cristão. Um colega de viagem, em jeito de graça, disse que se fosse possível monitorizar as distâncias percorridas durante aqueles dias, iríamos ficar surpreendidos com os quilómetros que fizemos. De facto, andámos muito, de automóvel e a pé, num país relativamente pequeno com uma população estimada em cerca de 7 400 000 habitantes, que nos foi dado conhecer com o apoio de dois excelentes guias. Valeu a pena o esforço dispendido.


Israel, a terra da Bíblia, atrai todos os anos milhares de turistas pelos mais variados motivos. Não será exagero dizer que na sua grande maioria visitam o país fascinados pelo contraste entre o passado histórico, religioso, arqueológico e o actual estado moderno, onde sobressaem cidades como Telavive, a capital cultural e comercial e primeira cidade judia estabelecida em 1909. Aqui pernoitámos após chegarmos a Israel. No dia seguinte demos início ao programa da viagem junto às margens do Mar Mediterrâneo na histórica cidade portuária de Jope-Yafo, ao sul de Telavive. Pensa-se que foi neste lugar que Pedro teve a visão sobre a casa de Simão, o curtidor. É possível que tenha sido aqui que Jonas desobedeceu à ordem do Senhor de ir a Nínive.


Deixo-vos com algumas imagens de instantâneos que registámos durante a nossa permanência em Israel.











































































































































































































































































































2 comentários:

  1. Obrigada por compartilhares as fotos da viagem a Israel!! Muito interessante!! :)

    ResponderEliminar